domingo, 24 de julho de 2011

Uma ideia de Europa

A leitora diria antes "um sentimento de Europa", que se intensifica num país estranho, à mesa de um café, quando o olhar se perde nas ruas, no rasto de transeuntes vários, outros europeus levados pelas suas diversas urgências ou simples prazeres deambulatórios. As vozes... Nós. 


George Steiner sobre a Ideia de Europa:


"Cinco axiomas para definir a Europa: o café; a paisagem humana que possibilita a sua travessia; as ruas e praças nomeadas segundo estadistas, cientistas, artistas e escritores do passado - em Dublin, até nos terminais rodoviários se indica o caminho para as casas de poetas; a nossa descendência de Atenas e Jerusalém; e, por fim, a apreensão de um capítulo derradeiro, daquele famoso ocaso hegeliano que ensombra a ideia e a substância da Europa mesmo nas suas horas mais luminosas"


George Steiner, A Ideia de Europa, Lisboa, Gradiva, 2004 (trad. Maria de Fátima St. Aubyn).



Rememorações: os grandes trágicos - Eurípides, Ifigénia em Áulide



Michael Cocoyannis, Iphigeneia at Aulis

Sem comentários:

Enviar um comentário