quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Oferecer livros



Vista aérea da Biblioteca de Alexandria 
(fotografia retirada do site oficial)

Em qualquer momento se oferecem livros, mas a época natalícia é especialmente indicada para se presentarem os amigos com estes fantásticos objectos. Todos os leitores o fazem.

Há leitores, todavia, que vão mais longe, e decidem dar os volumes que já não cabem nas suas estantes também às bibliotecas escolares. É um gesto de cultura e de amor aos livros que deve ser reconhecido, pois enriquece aquelas bibliotecas e os seus frequentadores, jovens leitores, a crescer, a abrir horizontes, a aprofundar raízes...

Hoje a generosa oferta foi de G.

Amanhã? Quem os lerá? Quem os multiplicará?

2 comentários:

  1. Que boa ideia. Ainda bem que a divulga. Nunca me tinha lembrado disso. Foi uma óptima ideia a sua, a de a publicitar aqui.

    ResponderEliminar
  2. Crê que esta divulgação poderá inspirar outros leitores?

    As bibliotecas escolares são, em geral, receptivas a este tipo de doações, não só por viverem em escassez crónica de verbas, mas especialmente por apreciarem a partilha de livros. Para além disso, na minha opinião, estas ofertas até são educativas, pois mostram aos alunos que há quem ame os livros, os coleccione e os ofereça, quando já não pode tê-los consigo, na expectativa de que outros também venham a gostar dos livros, sintam, enventualmente, o mesmo prazer de leitura e o mesmo apreço em cuidar desses objectos únicos.

    Bom resto de dia

    (Aconselho vivamente o restaurante referido. Óptimo para um dia de passeio.)

    ResponderEliminar