segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

cada árvore

 
Para Ujm, in heaven
 

 
Cada árvore é um ser para ser em nós
Para ver uma árvore não basta vê-la
a árvore é uma lenta reverência
uma pessoa reminiscente
uma habitação perdida
e encontrada
À sombra de uma árvore
o tempo já não é o tempo
mas a magia de um instante que começa sem fim
a árvore apazigua-nos com a sua atmosfera de folhas
e de sombras interiores
nós habitamos a árvore com a nossa respiração
com a da árvore
com a árvore nós partilhamos o mundo dos deuses
 
 
António Ramos Rosa, cada árvore é um ser para ser em nós, s.l., In-Libris, 2002.
(Este livro é composto por poemas de António Ramos Rosa e fotografias de Paulo Gaspar Ferreira e, ainda, por um CD, que contém a captação do som que rodeia a árvore fotografada em 2001, em Belgais; a edição audio foi executada por Brendan Hemsworth.)

2 comentários:

  1. Oh Leitora, que sensibilizada que fico. E que poema este... Não conhecia. Mas é mesmo isso, mesmo.

    Mil vezes obrigada.

    E um sentido abraço.

    ResponderEliminar
  2. :)
    Ainda bem que gostou. O livro é lindíssimo; não sei se ainda se encontra, porque era uma edição limitada, mas vale muito a pena (também pelas fotografias de uma árvore linda).

    Boa terça-feira!

    ResponderEliminar